» mulher

O dia DELAS – 08 de março

Posted on by Renata Stuart in Reflexão | 3 Comments

Umas são tímidas, de olhos baixos e voz suave. Outras são ousadas, impetuosas e determinadas. Umas não precisam de nada além de filhos e marido. Algumas só querem mesmo cuidado e atenção, e outras não abrem mão da profissão, da independência financeira. Umas travam uma batalha contra o tempo, se torturam nas academias e querem ser eternamente jovens, já outras veem a velhice como maturidade, e aceitam as rugas sem preocupação . Umas seguem a cabeça, outras só escutam o coração.

São elas que são tachadas pela bunda ou pelos peitos que possuem. São elas que sofrem os efeitos da TPM, as cólicas menstruais e a dor do parto. São elas que se depilam, mantêm as unhas feitas, fazem as sobrancelhas com frequência e estão sempre perfumadas. Algumas fazem manobras diárias. Apesar do “sexo frágil”, são elas quem têm que dar conta da casa, dos filhos, do trabalho e de si mesma. São elas que toleram o padrão de beleza imposto, as cantadas ofensivas e as piadinhas machistas.

Elas, que foram ‘santas’ por séculos, que engoliam tudo, reprimiam desejos e tapavam os olhos para tudo o que lhes era negado. Elas, que têm a capacidade incrível de fazer mil coisas ao mesmo tempo, elas que, hoje, ocupam cargos de comando em empresas, e governam até países.

São elas que diariamente, em especial hoje, merecem o nosso aplauso. Mais do que um dia para dar e receber rosas, hoje é um dia para homenagear as mulheres que morreram na luta contra a violência, a injustiça, e a repressão. E, mais, hoje é um dia de se orgulhar de tudo que, nós, mulheres, conquistamos.

Parabéns a você, mulher _o/

 

Por Renata Stuart

Palavra do dia: Tati Bernardi

Posted on by Renata Stuart in Entre Aspas | Leave a comment

‎” Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente. Sou isso hoje… Amanhã, já me reinventei. Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim. Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina… E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar… Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil…e choro também! “

- Tati Bernardi -