Palavra do Dia – Rosely Stuart


Desta vez, a palavra do dia é da pessoa que eu mais amo no mundo: Minha mãe. Coincidência ou não, ela também ama escrever e, remexendo papéis antigos, achamos um texto que ela fez no dia 17 de fevereiro de 1998. Não podia deixar de compartilhar aqui. Grande beijo! 🙂

 

 

Sentimento

Sentir!

Palavra forte e sensível que, originada do sentimento, nos faz vibrar de emoção.

Quando sentimos aquilo que realmente chamamos de emoção,

nosso corpo, como que queimando em desejo, nos faz transbordar de tanta felicidade.

 

Quando sentimos forte essa emoção, nosso corpo fala por nós,

Ele corresponde a cada gesto, a cada toque, a cada olhar.

Às vezes, sentimos tão forte essa emoção que nossa respiração se prende a cada lembrança..

Somente quem tem sensibilidade pode viver esse sentimento.

 

Sentir é tão bom que, mesmo à distância, fechamos os olhos e a emoção fala por nós.

Revivemos cada momento como se estivesse acontecendo de novo.

Tudo fica registrado na nossa memória, no fundo de nossas lembranças…

 

No fim das contas, sentimento é tudo aquilo que eu sinto por você.

 

Por Rosely Stuart

Posted on by Renata Stuart in Entre Aspas

About Renata Stuart

Renata Stuart tem 28 anos e é mineira, de Belo Horizonte. Se não fosse comunicóloga, seria psicóloga. Gosta de se jogar, e mergulhar nas intensidades da vida. Nas palavras, encontra uma forma de colocar pra fora seu olhar sobre a vida! Escreve sobre o que sente, o que vê, o que ouve ou o que der vontade.

3 Responses to Palavra do Dia – Rosely Stuart

  1. Flavio Ribeiro

    Ola,
    É muito legal poder “consultar os arquivos familiares e encontrar essas preciosidades. Eu mesmo estou para achar e organizar meus escritos antigos.

    Adorei o texto. Boa Páscoa!

    Abraços Flávio.
    –> Blog Telinha Crítica <–

  2. Ize

    Que ótimo deve ter sido encontrar esse texto. =D
    Gostei do blog, adorei as fotos de cada post. ><

  3. Joicy Sorciere

    Que lindo, Renata! Eu não acredito que seja coincidência, mas sim comportamento aprendido. Vcs duas escrevem super bem!

    Parabéns à ela…

    Lindo texto. Super reflexivo.

    Sobre seu comentário lá no blog, os adolescentes estão cada dia mais atirados mesmo. Seja meninas ou meninos. Acho que no caso das meninas a coisa se torna mais evidente, pois, antigamente elas eram “meio que prisioneiras” de uma sociedade super machista(apesar que isso não mudou muito… elas continuam prisioneiras dessa sociedade, porém indo para outro aspecto. Tentando se encaixar em padrões acelerados). Estão pulando etapas importantíssimas…

    Adorei seu comentário… bjks

    bjks nas duas
    http://umaseoutrasjoicy.blogspot.com.br

Add a Comment