O mundo externo é reflexo do seu mundo interno!


Feliz o dia em que você descobrir que o mundo ao seu redor é reflexo do seu mundo ai dentro.

Que a sua vida é exatamente o que você vê, o que você sente, o que você fala.

Parece abstrato, soa meio autoajuda e talvez seja até clichê, eu sei, mas faz tanto sentido quando você é realmente tocado para isso. E mais ainda, quando você comprova isso.

Nós temos um poder enorme nas mãos, ou melhor, na mente. E só quem tem consciência disto faz uso deste poder.

Se você enxerga a vida de um jeito bonito, mesmo ciente de que ela tem suas imperfeições, ela te devolve dias, momentos e sensações na mesma sintonia.

Se você conseguir enxergar o lado positivo das coisas, encarando que até as piores situações ocorrem por um bem maior, que lhe trará aprendizado e evolução, você vai se surpreender com a energia que vai se formar a sua volta.

Será nítido, não só para você, mas principalmente pelas pessoas que passarem pela sua vida. O sorriso no rosto, a gratidão diante da vida –mesmo ela sendo simples, “comum” e sem glamour- vão atrair você para situações positivas, cultivando sentimentos verdadeiros, e naturalmente repelindo aqueles que não são.

Mas tudo isso é uma luta constante. Não estou dizendo que é fácil carregar essa paz interior o tempo todo. As vezes só temos vontade de nos recolher na nossa própria caverna e nos isolar de tudo e de todos. E tudo bem, a vida tem dias realmente escuros.

O importante é não deixar a escuridão se acomodar, os pensamentos negativos dominarem, o pessimismo ficar à vontade e o vitimismo fazer morada.  Escolha ter coragem diante da vida, escolha vibrar a frequência daquilo que você quer atrair. E assim seguimos, tentando ser LUZ, mesmo em meio a tanta escuridão.

Posted on by Renata Stuart in Reflexão

About Renata Stuart

Renata Stuart tem 28 anos e é mineira, de Belo Horizonte. Se não fosse comunicóloga, seria psicóloga. Gosta de se jogar, e mergulhar nas intensidades da vida. Nas palavras, encontra uma forma de colocar pra fora seu olhar sobre a vida! Escreve sobre o que sente, o que vê, o que ouve ou o que der vontade.

Add a Comment