» Renata Stuart

Palavra do Dia – Rosely Stuart

Posted on by Renata Stuart in Entre Aspas | 3 Comments

Desta vez, a palavra do dia é da pessoa que eu mais amo no mundo: Minha mãe. Coincidência ou não, ela também ama escrever e, remexendo papéis antigos, achamos um texto que ela fez no dia 17 de fevereiro de 1998. Não podia deixar de compartilhar aqui. Grande beijo! 🙂     Sentimento Sentir! Palavra forte e sensível que, originada do sentimento, nos faz vibrar de emoção. Quando sentimos aquilo que realmente chamamos de emoção, nosso corpo, como que queimando …

Um mundo de cegos

Posted on by Renata Stuart in Reflexão | 9 Comments

  Os cegos estão por toda parte. Não falo dos que estão sempre de óculos escuros, guiados por uma bengala e são impedidos de ver a luz do sol, de contemplar o azul do céu, de olhar no fundo dos olhos, e outras maravilhas que só a visão pode captar. Não me refiro a esses, que também são muitos. Falo dos cegos que possuem total capacidade visual, mas não a usam com sabedoria. O cego que enxerga, mas não vê. …

Parei pra falar sobre o tempo

Posted on by Renata Stuart in Reflexão | 19 Comments

Ando me assustando muito com o tempo. A semana começa preguiçosa, parecendo que será arrastada e, quando menos espero, a sexta-feira se esbarra em mim. O dia parece que será longo e produtivo, mas nem metades das tarefas são concluídas. O tempo passa, corre, acelera, e nada podemos fazer para evitar isso. Tentamos controlá-lo com nossas medidas, nossos calendários, nossos relógios, mas é inevitável. O tempo nos fala o tempo todo. Não só através do tic-tac latejante dos relógios, mas …

Palavra do Dia – Caio F. Abreu

Posted on by Renata Stuart in Entre Aspas | 1 Comment

Tenho planos, claro (todo mundo tem). Mas objetivamente estou aqui sem nada à minha frente. O momento futuro é uma incógnita absoluta. Eu não posso pensar “não, daqui a um ano eu vou pro campo ou eu caso ou me formo ou vou à Europa”. Eu não sei. Fico esperando que pinte uma coisa, naturalmente. E essa falta de ação me esmaga um pouco. – Caio Fernando Abreu –

Coração tolo

Posted on by Renata Stuart in Textos de amor | 6 Comments

Gostar do que não se tem, valorizar somente quem te despreza, desejar quem não te considera, almejar quem não te corresponde. Parecem coisas contraditórias, absurdas, ilógicas  Mas é o que mais se vê por ai. Tem gente que vive assim, nessa briga consigo mesmo e com a vida. Tem gente que é masoquista, incoerente. Gente que, sem perceber, foge da felicidade ou só vê felicidade nisso. Na busca, na perda, na conquista, no desafio, no sofrimento. Tem homens que não …

A pessoa certa

Posted on by Renata Stuart in Textos de amor | 6 Comments

Tem gente que espera a vida inteira pela pessoa certa. Mas, afinal, quem é a pessoa certa? E como distingui-la no meio de tantas outras? A pessoa certa tem que me amar pelo que sou, ver alguma beleza até nos meus defeitos, entender o significado do meu silêncio e a linguagem do meu olhar, do meu toque. A pessoa certa é aquela que não ri dos meus sonhos, das minhas manias e que me dá força para batalhar pelos meus objetivos. …

Palavra do Dia – Pablo Neruda

Posted on by Renata Stuart in Entre Aspas | 3 Comments

Saudade Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida Saudade é sentir que existe o que não existe mais Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ficaram para trás, é o gosto de morte na boca dos que continuam Só uma pessoa no …

É o ‘se’ que me perturba.

Posted on by Renata Stuart in Reflexão | 3 Comments

É o SE que me incomoda, atormenta, perturba. Quando estou mal, é o SE que me faz pensar como seria se ele estivesse aqui para me fazer rir. Quando estou bem, é o SE que me faz fantasiar como seria se ele estivesse aqui, para viver esse momento comigo. É o SE que me persegue, me maltrata, me ilude. E se. E se tudo tivesse se saído como eu imaginava? E se ele nunca tivesse partido? E se ele tivesse …

Palavra do Dia – Ana Jácomo

Posted on by Renata Stuart in Entre Aspas | 1 Comment

“Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. Muita. Todo dia. Esse jeito de ouvir além dos olhos, de ver além dos ouvidos, de sentir a textura do sentimento alheio tão clara no próprio coração e tantas vezes até doer ou sorrir junto com toda sinceridade. Essa sensação, de vez em quando, de ser estrangeiro e não saber falar o idioma local, de ser meio ET, uma espécie de sobrevivente de uma civilização extinta. Essa intensidade toda em tempo de ternura …

A notícia que mudou a noite

Posted on by Renata Stuart in Desabafos | 7 Comments

Tinha tudo pra ser só mais uma noite de sexta-feira típica, de duas aulas, algumas conversas e o retorno pra casa para dormir, já que sábado pela manhã também é dia de aula. (eu sei, isso é péssimo). Mas, ao chegar na faculdade, a notícia que mudou a noite: A professora de Metodologia Científica foi dar à luz!  A pequena Clara resolveu vir ao mundo antes da hora. Muito bem. Na falta do que fazer, resolvemos ir ao ‘requintadíssimo’ bar …